19 de abril

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais

Conheça a RA

A Região Administrativa do Lago Norte foi criada oficialmente pela Lei nº 641, de 10/1/94, regulamentada pelo Decreto nº 15.516/94. Até então estava vinculada à RA I – Brasília. Apesar de não estar incluído na poligonal de tombamento do conjunto urbanístico de Brasília, o Lago Norte está sujeito a restrições e parâmetros de ocupação decorrentes de sua proximidade e vinculação urbanística ao Plano Piloto.

O Lago Norte é a região administrativa nº XVIII do Distrito Federal. Segundo a Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios – PDAD 2018 – realizada pela Companhia de Planejamento do DF – Codeplan – a população de Lago Norte era de 36.987 pessoas, sendo 51,8% do sexo feminino. A idade média era de 39,2 anos. No que diz respeito à raça/cor da pele, 63,4% dos moradores se definem brancos e 47,3% da população com idade acima de 14 anos são casados. A renda domiciliar estimada foi de R$ 15.092,3, que resulta em R$ 6.362,3 per capita.


Vista da Rede Sarah

A cidade possui dois Shoppings Centers: o Iguatemi e o Deck Norte. Um centro de excelência em reabilitação motora da rede SARAH. Parques ambientais e uma orla privilegiada com diversos pontos de prática de esporte e lazer.  É um bairro com boa infraestrutura. Possui escolas, Posto de Saúde e uma Delegacia na QI 05 – 9ª DP. Atualmente, a cidade conta com importante espaço turístico: a Torre de TV Digital, com projeto de Oscar Niemeyer.


Península Norte

O início da ocupação da Península Norte ocorreu entre 1960 e 1965, a partir do projeto urbanístico elaborado pela NOVACAP, para o Setor Habitacional Individual Norte – SHIN e o Setor de Mansões do Lago Norte – SML.

As primeiras edificações foram o Clube do Congresso, a QL 16, e as QI 2, 4 e 6. Na década de 1970, a Fundação Educacional disponibilizou aos professores o financiamento de lotes, pouco valorizados pela falta de atrativos no SHIN. Assim, entre 1975 a 1982 a ocupação da Península Norte se consolidou.

Setor de Mansões do Lago Norte

A ocupação do Setor de Mansões do Lago Norte – SML, registrado em 1963, ocorreu nas décadas de 1970 e 1980, e, em 1998, obteve a permissão de maior número de unidades residenciais autônomas dentro dos lotes, em forma de condomínio urbanístico.

 
Orla do Clube do Congresso

 

Centro de Atividades do Lago Norte

Em 1983, o projeto inicial do CA – Centro de Atividades do Lago Norte foi registrado em cartório. O Setor Taquari foi tratado por Lúcio Costa no Documento Brasília Revisitada, 1985–1987, com a proposta de ocupação habitacional. Em 1999, foram concluídos os projetos dos trechos 1 e 2 da 1ª etapa do Setor Habitacional Taquari, registrados em cartório em março de 2002 e fevereiro de 2003, respectivamente. Os demais trechos se encontram em fase de estudo.

Setor Habitacional do Torto

O Setor Habitacional do Torto está localizado na Região Administrativa do Lago Norte (RA XVIII). Seu principal acesso é realizado pela DF-003, próximo ao balão do Torto. A poligonal do Setor Habitacional do Torto foi definida na Lei Complementar nº 803, de 25 de abril de 2009, que institui o Plano Diretor de Ordenamento Territorial do Distrito Federal, e limita-se a norte e a oeste com o Parque Nacional de Brasília – PNB, a leste com o Ribeirão do Torto e ao sul com a DF -003 e a área destinada à implantação do Polo Capital Digital.

A área do Setor Habitacional do Torto abrange o Parque de Exposições da Granja do Torto, a residência oficial do Presidente da República, pequenas porções territoriais a ser parcelado e seis parcelamentos irregulares que integram a Estratégia de Regularização Fundiária Urbana do Plano Diretor de Ordenamento Territorial (PDOT). 

Dos parcelamentos irregulares, cinco deles são definidos como Área de Regularização de Interesse Específico – ARINE, caracterizado por uma população de média e alta renda; e apenas um é definido como Área de Regularização de Interesse Social – ARIS, caracterizado por uma população de baixa renda. A saber que são Arine:

– Vila dos Operários e Vila dos Técnicos: ocupações mais antigas que têm sua origem no assentamento dos funcionários da Granja do Torto. 
– Rua dos Eucaliptos: ocupação composta por lotes residenciais edificados próximos à faixa de domínio da DF-003, no acesso à Residência Oficial.
– Vila dos Funcionários da Residência Oficial.
– Mini Granjas do Torto: ocupação localizada na porção norte do SH Torto limite com o Parque Nacional de Brasília.

A Vila Weslian Roriz: núcleo urbano consolidado próximo à entrada do Parque de Exposições, é classificada como ARIS.

Parque Tecnológico Capital Digital

Localizado na saída Norte, na região da Granja do Torto, o Parque Tecnológico vai oferecer a mais avançada infraestrutura em instalação, pesquisa, ciências, desenvolvimento e operação de empresas e instituições na área de tecnologia digital.

Com o Plano de Uso e Ocupação (Decreto 41.162), o governo do DF conseguirá ampliar o espaço, que terá aproximadamente um milhão de metros quadrados. O local abrigará também residências, escritórios, praças e parques urbanos.

Atualizado em Fevereiro/2021

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros