17 de agosto

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
6/05/22 às 11h45 - Atualizado em 6/05/22 às 11h45

UBS 1 do Lago Norte leva atendimento até área rural

COMPARTILHAR

A partir de agora, todas as terças-feiras, das 14h às 17h, uma equipe da Unidade Básica de Saúde do Lago Norte (UBS 1) formada por médico, enfermeiro, técnicos de enfermagem e agentes comunitários vai se deslocar até o Centro Comunitário Ítalo Segundo – Córrego do Palha. O objetivo é realizar alguns atendimentos que não demandem procedimentos, como troca de receitas, prescrição de medicamentos, solicitação de exames, vacinação volante, orientações de saúde, vigilância epidemiológica, acompanhamento pré-natal e de recém-nascido.

Na tarde da última terça-feira (3), a Administração Regional do Lago Norte, em conjunto com a Associação dos Produtores Rurais do Vale do Palha (Aspalha) e a UBS 1, atenderam a uma reinvindicação antiga da população local e deram início aos atendimentos primários de saúde na região.

De acordo com o presidente da Aspalha, André Félix, cerca de 3 mil moradores das áreas rurais do Jerivá e do Vale do Palha serão beneficiados com essa medida. “É uma demanda bastante antiga que agora está se concretizando. Daqui o morador já sai com o encaminhamento para o lugar certo, se for necessário, para ser melhor atendido”, comemora.

A gerente da UBS do Lago Norte, Cristiane Vieira, explica que a iniciativa surgiu para atender ao pedido do administrador regional do Lago Norte, Anderson Tolêdo, da população e dos profissionais de saúde, que por vezes fizeram atendimentos na região e viram a dificuldade de locomoção dessas pessoas até a unidade localizada na península. ““Essa agenda realizada no Centro Comunitário possibilita que os usuários possam buscar atendimento na medida em que encurta a distância entre a UBS e os usuários. O que não conseguirmos atender aqui, por falta de estrutura, encaminhamos para a UBS. Desta forma, estreitamos o laço com o usuário e promovemos saúde a esta população. Esse é o nosso principal objetivo”, explica.

Tolêdo acredita que a ação vai trazer uma série de benefícios tanto para os moradores quanto para os profissionais de saúde que atendem a região. “Como profissional da saúde, era um sonho antigo trazer melhorias nessa área para as comunidades rurais do Lago Norte. Demos início nesse formato e com a adesão da população, o projeto pode crescer e oferecer mais atendimentos”, comenta o administrador.

*Por Natalia Carvalho
Ascom/  Administração Regional do Lago Norte

Mapa do site Dúvidas frequentes